Banner 468 x 60px

 

30 de maio de 2013

IPHAN inicia o Programa de Educação Patrimonial em Arqueologia nas escolas de Porto Velho/RO - IPHAN/RO

0 comentários

A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Rondônia / IPHAN/RO dará início, no próximo mês de junho, ao Programa de Educação Patrimonial em Arqueologia (PEPA). As atividades ocorrerão junto às escolas públicas da rede municipal e estadual instaladas no município de Porto Velho/RO.

Cumprindo com uma de suas atribuições, o de promoção do patrimônio arqueológico, membros do IPHAN irão palestrar sobre a arqueologia, inicialmente pelas escolas da capital rondoniense devido as facilidades logísticas. Após, o PEPA deverá seguir para outras cidades do interior de Rondônia, ampliando o acesso a outras comunidades.

As acadêmicas de arqueologia Ana Bertolo e Fernanda Maia participam do PEPA-Iphan. O projeto visa atender as escolas públicas de Rondônia no biênio 2013/2014

Conforme o arqueólogo do IPHAN em Rondônia, Danilo Curado, o programa foi inicialmente projetado para atender as escolas públicas devido às parcas condições materiais de acesso cultural por parte dos alunos. “Sabemos que o aluno da rede pública possui limitações quanto ao acesso aos bens culturais, nesse sentido, o PEPA prevê, de início, que as palestras sejam realizadas na rede pública. Todavia, aquelas escolas particulares que se interessarem pelo tema poderão solicitar e agendar uma visita do IPHAN na sua escola”, aborda Curado.

Para o Superintendente do IPHAN em Rondônia, Beto Bertagna, o PEPA promoverá a uma significativa parcela da sociedade o acesso ao conhecimento sobre a temática arqueológica. “Dentro das nossas limitações de corpo técnico, pretendemos promover um projeto plurianual que tenha como escopo a importância do patrimônio arqueológico para a formação do cidadão brasileiro. Dando acessibilidade àqueles que não possuem esse trânsito, estaremos cumprindo com uma das principais atribuições como órgão gestor da cultura, que é a promoção do patrimônio cultural do Brasil”, afirma Bertagna.


Estrutura do PEPA

O Programa de Educação Patrimonial em Arqueologia (PEPA) é voltado para os alunos do sexto 6º ano do Ensino Fundamental, momento ao qual estes realizam atividades educacionais na disciplina de História que fazem referência ao passado pré colonial brasileiro. Entretanto, apesar de ser direcionado ao terceiro ciclo do Ensino Fundamental, o PEPA pode ser acompanhado por todos os membros da escola.


As palestras possuirão duração de 30 minutos de apresentação, realizando na sequência a abertura para o diálogo e dúvidas. Não havendo estrutura logística para a realização de palestras, o IPHAN encarregará de providenciar os equipamentos necessários para a sua execução. Havendo interesse de outras escolas, inclusive as vinculadas à rede particular, o contato e solicitação pode ser realizado por meio do endereço eletrônico iphan-ro@iphan.gov.br ou pelo telefone (69) 3223-5490.



Fonte: IPHAN/RO

0 comentários :

Postar um comentário